domingo, 31 de maio de 2009

Mais um Ironman completado.

Não foi exatamente como eu esperava, já que eu queria completar abaixo de 12 horas e não deu. Mas foi bom ter baixado meu tempo, e ter aprendido ainda mais sobre essa grande e maravilhosa prova.
Na nataçao, pegamos um mar muito mexido, correntes e marolas grande dificultaram o nado. Eu, sinceramente, acho que não tinha 3.8k, uma das boias afundou e acho que não conseguiram adpatar a tempo. Saí com 1h10 da água (1h11 até passar pelo controle de chip), e nadei num rimto normal, não era para fazer um tempo tão bom.
Fiz uma transição demorada, 11 minutos, sei lá por que, foi só vestir tudo de ciclismo, acho que fiquei sem noção.
Comecei a pedalar e o vento simplesmente me detonou. Meu pedal é fraco, e com vento tenho dois problemas: faço tempo ruim e me detono para corrida. Ainda tive que parar duas vezes, uma porque minha sacola de special needs caiu, e outra porque meus útlimos clifshots caíram. Some-se a isso uma dor nas costas que me impedia de ir para o clip, e como resultado sofri muito na bike.
O que me ajudou foi ter encontrado o Rafel Pina Pereira, um cara que no km120 me perguntou se eu era o Carlos do blog! Ele lê isso aqui, e assim me reconheceu! Fomos juntos até a transição, valeu Rafael, vc não sabe como estimulou ficar trocando de posicão contigo! Fechei em 6h17min, abaixo de 30km/h, que era meu objetivo.
Fiz um T2 mais rápida, uns 7 minutos, e saí para correr.
Comecei a correr com 7h44minutos, ou seja, se fizesse 6min/km na maratona, conseguiria fechar em menos de 12 horas (6min/km dá 4h12min). Comecei a correr a 5:45min/km, e estava muito muito bem. Nas subidas de Canasvieiras, andei, como todo mundo. Na volta de lá, vi que naturalmente meu ritmo caiu para 6:04min/km, então acelerei, e tava indo bem.
Até que no km20 um URSO subiu nas minhas costas. Simplesmente meu estado caiu veriginosamente. Fosse só cansaço, eu estaria tranquilo. Mas foi pior, fiquei TONTO, coisa que nunca tinha me acontecido. Fiquei realmente preocupado, e resolvi andar. Andei do km 22 ao 25, fiz em 12 minutos cada um desses km. A tontura foi embora, e voltei a correr. Porém, já não dava para fazer abaixo de 12horas, então minha preocupação foi não passar mal.
Fui correndo num ritmo mais lento, passei a andar nos postos de alimentação, mas comecei a enjoar, então a velocidade caiu ainda mais. Mas permaneci correndo até o km35, quando andei mais 1 km, para ver se diminuia o enjoo. Parei de comer no km 32.
O enjoo diminuiu, e fiz os últimos 4 km um pouco mais rápido, mas cheguei bem mal na linha de chegada, com 12h32 min (ano passado fiz 12h57min).
Minha família estava lá, mais uma vez cruzamos a linha de chegada juntos. Mas eu estava mal, provavelmente com hipoglicemia, um mal estar generalizado.
Fui direto para a tenda médica, e fiquei uns 15 minutos tomando soro na veia. Melhorei bem, peguei minha medalha e minha camiseta de finisher, fui para a praça de alimentação, tomei dois sorvetes, peguei outros dois para meus filhos,e fui encontrar a família.
Estou bem, como não corri muito forte, mesmo a musculatura está melhor do que eu imaginava. Passando o mal-estar, fiquei bem, foi isso que atrapalhou. Aquela tontura deve ter sido algo da alimentação, vou pensar sobre isso.
Estou com um bom sentimento, gostei de ter completado mais um Ironman, e ter baixado meu tempo mesmo com um clima tão pior do que o do ano passado. Não fiz o tempo que queria, mas fiz o melhor que podia diante das circunstâncias.
Isso é ser um Ironman.

8 comentários:

Teddy Jones disse...

Caro Carlos,

São as condições adversas que fazem um homem ser chamado de IM e não o tempo.

Meus sinceros cumprimentos !

Xampa disse...

Carlos, parabens pelo resultado e por toda a adversidade superada. Acompanhei seus tempos pelo site.
Sucesso total !!!!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Oi Carlão, tudo bem?? Eu fiquei lá na torcida pelo amigo, mas infelizmente não pude ficar até o final. Levei uma turma junto e todos quiseram ir embora meio cedo. Achei o Rafael Pina duas vezes, um na T2 e outra durante a maratona, quando estava indo embora, mas infelizmente não deu pra te dar um abraço e comemorar junto. Fiquei bem na entrada da T2, e apesar de não te achar, fiquei na torcida do numero 593, conferindo cada competidor que chegava.
Quanto á prova, temos certeza de que você fez o melhor, pois com o mar daquele jeito, com o vento castigando e depois de tudo isso ainda a maratona com tontura de bônus, vamos comemorar a baixada de tempo do ano passado não? Agradecer que não deu nenhum problema com a bike (que vi muitos desistindo por causa de tombos, bike quebrada, etc), e que não tiveste que parar por causa de cãimbras ou algo parecido. Quero te parabenizar amigo. Realmente uma prova para poucos. Um abração com nossa admiração e com certeza nos conheceremos pessoalmente numa próxima prova!!

AACruz disse...

Caro Carlos,
Antes de mais nada Parabens!!! É um feito e tanto terminar abaixo de 13hs.
Porém fico preocupado em tentar um Im ano que vem. VC com todo o treinamento sofreu imagino que a coisa não deve ser fácil.
Um grande abraço. Sucesso!!

Rafael Pina Pereira disse...

Fala Carlos !!
Meu caro, agora posso falar com conhecimento de causa. O negócio é casca-grossa.

Realmente muito bom encontrar um ritmo parecido, daqui não consegui alinhar com ninguém e você foi o único que consegui acompanhar por um tempo, e valeu muito.

Saí tão torto pra corrida que achei que iria travar, aí reduzi e fui embora, só tive um acesso abdominal no Km 32, fora isso tranquilo.

PARABÉNS, abração.

Rafael

Anônimo disse...

Parabéns Carlos!
Teu blog incentiva nós adoradores e amadores do triathlon.
quem sabe a gente se vê em Floripa em 2015? hehehe...
Abç!

Anônimo disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,