domingo, 11 de abril de 2010

125km de bike

Hoje a planilha pedia 160km, mas eu já sabia que não tinha condições de fazer tudo. Na linha "b" da planilha estavam previstos 120km, de bom tamanho :-)
Saímos 6:30hs da manhã do Rei da Pamonha, frio pra caramba, mas a turma estava grande, uns 20. Viemos até o retorno da Marginal, para pegar a Bandeirantes inteira, e o vento estava nas costas. Vi pelas bandeiras que ida seria tranquila, e a volta um sufoco, mas tudo bem. Meu pneu furou lá pelos 40km, fiquei 20 minutos no carro de apoio para conseguir arrumar, perdi uns 16km nisso. Voltei, continuávamos com vento nas costas, tanto que a média estava acima de 35km/h!
No retorno, um absurdo de vento. Sério, poucas vezes senti tanta força contra num vento, estava inviável pedalar. O pelotão principal simplesmente "sumiu", eu não tinha a menor chance de acompanhar. Fui no meu ritmo, tava difícil manter 20km/h no plano! Aos poucos vários foram desistindo, outros foram ficando no carro de apoio para trocar pneus e não voltaram, e alguns quebraram, fazendo com que eu tivesse companhia às vezes.
Cheguei no meu limite nas pernas, não estava cansado, mas simplesmente não tinha pernas para girar aquele pedal, que parecia pesar 800kg. Mesmo quando o vento aliviou, nos últimos 25% do percurso, não dava para manter a velocidade. Mas fui até o Rei da Pamonha, na raça, pedalando como dava.
Fiz 125km em 4h27min. Não cheguei cansado, mas não tinha mais pernas para pedalar (acho que dava para correr). Sofri muito mas aquele vento foi descomunal. Poucos fizeram os 160km, a maioria parou nos 140km (eu parei uns 15km trocando o pneu), então acho que com mais treino consigo, ao menos, completar a parte da bike no Ironman.
É torcer para a chuva parar, e assim eu voltar a pedalar bastante durante a semana.